"Atletismo Cearense" - Atletas de Jaguaretama são destaques em competições




No último evento o clube conquistou 18 medalhas 06 de ouro, 05 de prata e 07 de bronze.

 

O clube Associação de Atletismo Jaguaretamasse (AAJ), conta com atletas que se destacam no cenário cearense e no ranking do Norte-Nordeste.

 

Jaguaretama é a cidade onde nasceu Ana Claudia Lemos da Silva, uma velocista brasileira que mora em SP, especializada nos 100 e 200m rasos. É a atual recordista brasileira e sul-americana dos 200 metros rasos. A atleta junto a sua equipe levou medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

 

Vamos destacar os campeões da região: na categoria de Master, José Elivanilton da Silva, é campeão Cearense nos 400m e vice-campeão nos 1500m; Na categoria Adulto, Francisco das Chagas de Lima da Silva, é campeão no lançamento de martelo e se encontra no ranking na posição de 6º lugar no Norte-Nordeste; Na categoria Sub-23, Maria da Conceição de Lima Peixoto, é campeã Cearense no lançamento de martelo; Ainda no Sub-23 o atleta, Antônio Henrique Barreto Lima, é campeão dos 800m e 1500m e se encontra na posição do 4º lugar no ranking do Norte-Nordeste; Já na categoria Sub-18 a atleta, Maria Clara Saldanha dos Santos, é campeã Cearense no lançamento de martelo e a atleta Ligiane Bezerra Lemos nos 5000m, 1500m e 800m e se encontra na posição de 5º lugar no ranking do Norte-Nordeste; Na categoria Sub-16 o atleta, João Pedro Castro Silva, é vice-campeão no 1000m e se encontra na posição de 4º lugar do ranking no Norte-Nordeste e o atleta Cauã Borges Reinaldo é vice campeão no salto em distância; A atleta Ana Larissa Oliveira é campeã Cearense dos 1000m e se encontra na posição do 4º lugar no ranking do Norte-Nordeste; Na categoria Sub-13, o atleta Antônio Kaio Gomes Lemos, é campeão Cearense no 75m e vice-campeão no salto em distância.

 

Esses resultados são da última participação no Campeonato Cearense Caixa Adulto de Atletismo e Festival da Federação Cearense de Atletismo (Fcat) de 2019 e 3º Etapa, realizado em Fortaleza. Neste evento, o clube conquistou 18 medalhas 06 de ouro, 05 de prata e 07 de bronze. Vale ressaltar, que a maioria dos atletas é da zona rural do município e treina em campos de futebol improvisado e 80% deles treinam descalços, por serem de famílias de baixa renda e não terem condições financeiras para custear calçados adequados.

 

Neste ano a AAJ deseja participar de campeonatos, a nível municipal, regional, cearense, norte-nordeste, como também, treinar bastante para fazer índice para participações em brasileiros. O clube está de olho em alguns campeonatos deste ano: Troféu Norte-Nordeste Caixa Adulto em Recife; Campeonato Cearense Sub-18 e Festival Fcat 4ª Etapa Fortaleza; Campeonato Cearense Sub-16 e Festival Fcat 5ª Etapa Fortaleza; Jogos Escolares do Ceará de 12 a 14 e 15 a 17 anos; Festival Fcat 6ª Etapa em Fortaleza e o Campeonato Brasileiro de Atletismo Caixa Sub-16.

 

“Por esse motivo e tantos outros que me sinto na responsabilidade de inserir em nosso município esse esporte, são grandes momentos representados na nossa cidade. Obtivemos grandes resultados, conquistas, medalhas, troféus, reconhecimento, levamos o nome de Jaguaretama a mídia, mas o que mais nos encantou, é que por trás dessas conquistas, com esse trabalho no atletismo, conseguimos resgatar adolescentes, jovens e adultos que estavam à eminência do mundo do alcoolismo, vícios, criminalidade, prostituições, etc. E hoje, a maioria desses ex-atletas seguiram suas vidas se tornando cidadãos de bens e de boa conduta”, pontuou o presidente e técnico da AAJ, Antônio Nonato de Oliveira (Magão).

 

Uma perspectiva de vida saudável e uma vida socialmente digna é o desejo que a AJJ tem em levar por meio do atletismo essa realidade para muitas crianças, adolescente, jovens e adultos do município de Jaguaretama.

 

A associação tem como missão resgatar pessoas para se tornarem cidadãos através do esporte e a visão de chegar a ser a maior equipe de atletismo do Ceará com destaques em campeonatos Norte-Nordeste e Brasileiros, e levar o nome de Jaguaretama pelo Brasil como cidade que aposta no atletismo como ferramenta de inclusão social.