"Atletismo Cearense" - Aratuba é uma fábrica de talentos




Os atletas representam a cidade com orgulho

 

A região de Aratuba é destaque na modalidade do Atletismo, a cidade vem crescendo com adeptos a modalidade e vem gerando um grande número de atletas na cidade.

Podemos citar a atleta Gilailce Trigueiro, natural de Aratuba, ganhou o Prêmio Brasil Olímpico na categoria Universitário no ano de 2012; neste ano foi 3° lugar no campeonato na Bélgica e 2º lugar no Ranking Brasileira; é 5º lugar no Sul-Americano no heptatlo 5.541 e 2º lugar no salto em distância 6.26.

Cleidiane Pereira, campeã cearense adulto no lançamento do dardo 2019; campeã Norte Nordeste Adulto no lançamento do dardo 2016; vice-campeã Brasileira Universitária no lançamento do dardo 2013 e 3ª colocada no lançamento do disco.

Lucas Lisboa atleta de decatlo, salto com vara e 110 m com barreira, iniciou no projeto que era desenvolvido na cidade - projeto segundo tempo, o atleta já está com nove anos na modalidade. “Quando iniciei não tinha um bom desempenho e destaque como hoje, mas nunca desisti, tive muito apoio dos treinadores e colegas, e hoje eu sou um exemplo para muitos outros atletas, diante de muito trabalho e persistência e luta, consegui chegar a um patamar que sempre almejei, sou campeão estadual nas três provas que faço e batendo record estadual de salto com vara. Sou atual campeão do decatlo e 110 metros com barreira e já fui vice-campeão brasileiro universitário representando a unifor na prova de salto com vara onde bate o recorde estadual com a marca de 4m e 5cm, venho lutando para aumentar essa marca”, destacou Lucas Lisboa.

Karine Paiva Colares é campeã nas provas 800, 1500 e 3000m com obstáculos no campeonato Cearense Adulto 2019, estabelecendo novo recorde do campeonato nas três provas e recorde estadual na prova 3000 metros com obstáculos; medalha de prata nos Jogos Universitário Brasileiro nas provas 3000m com obstáculos e 1500m estabelecendo o novo recorde cearense.

Lucas Santos é atleta paralímpico e começou no atletismo em 2012, foi campeão brasileiro 2015; no campeonato Brasileiro 2018 ficou em 3º lugar e é campeão norte nordeste 2015, 2017 ,2018, 2019 no paratletismo. “Comecei só para brincar, no decorrer do tempo eu percebi que tinha futuro, participei de uma competição e não fui muito bem, comecei de baixo, fui evoluindo e hoje eu sou campeão brasileiro, tetra campeão norte-nordeste e o futuro que eu sonho é chegar às paraolimpíadas e divulgar a minha cidade e mostrar que eu sou capaz”, ressaltou o atleta.

A cidade se destaca com o bom desempenho e resultados dos atletas que se dedicam e querem o melhor para o atletismo.